Até a ONU tenta derrubar Alckimin!

O atual governador de São Paulo Geraldo Alckimin é atacado por todos os lados. Os adversários políticos que tentam se apoderar do estado mais rico da federação, não medem esforços para atingir seus intentos.

O candidato do PT Alexandre Padilha é carta fora do baralho. Padilha não conseguiu sair de um dígito de intenção de voto, porém, a estratégia petista para abocanhar o governo de São Paulo está em pleno funcionamento. Dilma Rousseff deixou escapar que Paulo Skaf do PMDB seria a segunda opção do grupo para dominar o estado.

O candidato Paulo Skaf aparece nas pesquisas bem acima de Padilha, porém, não oferece risco à vitória de Alckimin. Skaf ataca a segurança pública para tentar capitalizar alguns votos, mas não convence. Sua postura é visivelmente produzida, desde seus gestos até a entonação de voz. É um ator desempenhando um papel.

Com este panorama, Alckimin pode vencer o pleito em primeiro turno.

O que não podemos esquecer é que a esquerda mais extremista — aquela que considera o PSDB “de direita” — não está contente com este panorama. A ONU, que tem se posicionado à esquerda da esquerda, vêm dando sinais que não disfarça mais suas tendência extremistas e entra na guerra pelo governo de São Paulo.

Mesmo sem defender este ou aquele candidato, A ONU claramente ataca o governo de Alckimin, tentando — de forma descarada — atingir a qualidade de sua gestão, o que pode acarretar a perda de prestígio e a queda nas intenções de voto.

Neste artigo da Folha, a representante da ONU responsabiliza o governo paulista pela falta de água, fato notoriamente usado pelos candidatos do PT e do PMDB para atacar Alckimin. Muito conveniente para o momento!

Deixo claro que não estou defendendo o governador Geraldo Alckimin e muito menos fazendo campanha para o PSDB, busco apenas demonstrar que os problemas que enfrentamos atualmente no Brasil, não são simplesmente problemas internos e exclusivos de nossa nação. As interferências externas, principalmente da ONU, estão em todos os setores da nossa sociedade.

Todos sabemos que nossas escolas e faculdades recebem diretrizes da ONU para o material e os temas a serem abordados. O que não estava muito claro até o momento, era esta intervenção sistemática da organização para influenciar no resultado de eleições no país.

Esta clara e oportunista intervenção nas eleições em São Paulo, é um fato de extrema gravidade que atinge diretamente a soberania nacional a medida que um organismo internacional, como a ONU, age buscando influenciar o eleitorado poucos dias antes das eleições.

A invasão de um país que, antigamente era feito com exércitos e tanques de guerra, hoje se faz com acordos internacionais entregando o comando da nação a terceiros sem que a população perceba.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

NÃO DEIXE QUE UM PROFESSOR COMUNISTA ADOTE SEU FILHO

......Never argue with stupid people, they will drag you down to their level and then beat you with experience ................ HOME PAGE - PÁGINA INICIAL - BRAZIL - BRÉSIL - PÁGINA INICIAL - HOME PAGE

Angelinoneto's Blog

Liberdade de expressão e repensar a vida!

Implicante DEV

Política & Implicância

%d blogueiros gostam disto: