Archive | agosto 2014

A Nova “velha política” de Marina Silva!

Marina (2)

Marina Silva – Candidata do PSB

Então…
Não foi preciso muita procura para saber que de “novo” Marina Silva não tem nada. É mais do mesmo!

Vamos lá!
A retórica marineira está sendo, aos poucos, desconstruída com fatos. A postura de crítica que Marina assume quando bajulada pela mídia amestrada e por seus correligionários é bem diferente da postura retraída e insegura quando confrontada com fatos que contradizem seus discursos.

No caso do jatinho que ela usou, juntamente com Eduardo Campos, quando obrigada a se manifestar publicamente na entrevista do Jornal Nacional da Globo, Marina demonstrou que é boa em “decoreba”. Como que ditando pausadamente o que havia decorado e tomando cuidado para não errar nenhuma palavra, a candidata do PSB parecia ler com dificuldade um telepronto, como uma criança nos primeiros anos de escola.

Como em inúmeros casos da velha política, a Polícia Federal está investigando a “paternidade” do jatinho que servia a candidata. Até o momento, o mesmo emaranhado de empresas fantasmas, contratos de gaveta e indícios de caixa 2 usados por todas as velhas raposas do cenário político nacional, estão diretamente ligados à campanha de Marina Silva. Nada de “Novo”.

As ligações de Marina com o PT são fortes e evidentes, seu marido somente se desligou do governo petista do Acre após o anuncio de sua escolha como candidata pelo PSB. Nada de novo, apenas as conveniências de uma candidatura.

O partido que ela representa tem diretrizes claramente comunistas em seu estatuto. Alguns exemplos são: o fim da propriedade privada; a legalização do aborto; a liberalização das drogas e leis a favor do casamento gay. A candidata se diz uma pessoa coerente que assume posição, diz também que não é nem situação nem oposição. Estamos apenas no início de sua campanha e já temos o problema do casamento gay, que o partido que representa é a favor e ela se diz contra.

Pergunto:
Marina Silva não sabia qual era o plano de governo do PSB até ontem?

Difícil acreditar que não sabia, mais difícil ainda é entender porque aceitou se candidatar por um partido que é claramente o oposto ao que acredita. Onde está a coerência neste caso?

Agora temos mais um indício de velha política na nova de Marina Silva. Uma matéria publicada na Folha de São Paulo, mostra que Marina faturou alto com palestras desde que deixou o Ministério, chegando a casa dos R$ 40 mil mensais.

A candidata recebeu R$ 1.600.000,00 (hum milhão e seiscentos mil reais) desde 2011 por palestras proferidas pelo país. Até aí tudo bem. Se alguém paga caro para ouvir o que a candidata tem a dizer, provavelmente vai obter lucros elevados com as informações.

Agora vem só:
1. A empresa M. O. M. da S. V. de Lima, responsável por este faturamento expressivo, está instalada em uma sala alugada de 40m² e tem apenas uma funcionária.
2. A sala fica ao lado do Instituto Marina Silva que ocupa outras 5 salas para intermediar palestras gratuitas.
3. A sala estava fechada quando a Folha visitou a empresa.
4. O cachê e as empresas que contrataram a candidata não foram revelados.

O Instituto e a M. O. M. da S. V. de Lima são empresas privadas e portanto não tem obrigação de divulgar seus contatos, porém, a candidata tem obrigações com os brasileiros.

O que chama a atenção nestes fatos são as coincidências com as outros casos pelo país. Uma empresa que fatura milhões instalada em uma saleta ou em uma casa humilde de subúrbio, fechada e sem funcionários, é o que mais vemos quando ocorrem investigações sobre desvio de dinheiro público. Lula também não divulga quanto ganha e muito menos quem paga por suas palestras.

Agora vamos conferir quem é Marina Silva para a Justiça Eleitoral:

marina

Clique na imagem para ampliar

Que interessante! Marina Silva é pobre para a justiça eleitoral, seu patrimônio é menos de 10% do que faturou com palestras em 3 anos, isto sem contar com os salários de vereadora, deputada, senadora e ministra durante os 30 anos que criticou e atuou dentro da velha política. Assim como grande parte do ícones da velha política, a candidata usa de empresas sem funcionários e fechadas durante o horário comercial para “esconder patrimônio”, ou melhor ela não é milionária, a empresa que é.

Como o velho ditado:
“Uma coincidência pode acontecer, duas muito difícil, três impossível”

A nova Política de Marina Silva é mais velha que a república!

Fora PT!
Fora Marina!

Anúncios

Até a ONU tenta derrubar Alckimin!

O atual governador de São Paulo Geraldo Alckimin é atacado por todos os lados. Os adversários políticos que tentam se apoderar do estado mais rico da federação, não medem esforços para atingir seus intentos.

O candidato do PT Alexandre Padilha é carta fora do baralho. Padilha não conseguiu sair de um dígito de intenção de voto, porém, a estratégia petista para abocanhar o governo de São Paulo está em pleno funcionamento. Dilma Rousseff deixou escapar que Paulo Skaf do PMDB seria a segunda opção do grupo para dominar o estado.

O candidato Paulo Skaf aparece nas pesquisas bem acima de Padilha, porém, não oferece risco à vitória de Alckimin. Skaf ataca a segurança pública para tentar capitalizar alguns votos, mas não convence. Sua postura é visivelmente produzida, desde seus gestos até a entonação de voz. É um ator desempenhando um papel.

Com este panorama, Alckimin pode vencer o pleito em primeiro turno.

O que não podemos esquecer é que a esquerda mais extremista — aquela que considera o PSDB “de direita” — não está contente com este panorama. A ONU, que tem se posicionado à esquerda da esquerda, vêm dando sinais que não disfarça mais suas tendência extremistas e entra na guerra pelo governo de São Paulo.

Mesmo sem defender este ou aquele candidato, A ONU claramente ataca o governo de Alckimin, tentando — de forma descarada — atingir a qualidade de sua gestão, o que pode acarretar a perda de prestígio e a queda nas intenções de voto.

Neste artigo da Folha, a representante da ONU responsabiliza o governo paulista pela falta de água, fato notoriamente usado pelos candidatos do PT e do PMDB para atacar Alckimin. Muito conveniente para o momento!

Deixo claro que não estou defendendo o governador Geraldo Alckimin e muito menos fazendo campanha para o PSDB, busco apenas demonstrar que os problemas que enfrentamos atualmente no Brasil, não são simplesmente problemas internos e exclusivos de nossa nação. As interferências externas, principalmente da ONU, estão em todos os setores da nossa sociedade.

Todos sabemos que nossas escolas e faculdades recebem diretrizes da ONU para o material e os temas a serem abordados. O que não estava muito claro até o momento, era esta intervenção sistemática da organização para influenciar no resultado de eleições no país.

Esta clara e oportunista intervenção nas eleições em São Paulo, é um fato de extrema gravidade que atinge diretamente a soberania nacional a medida que um organismo internacional, como a ONU, age buscando influenciar o eleitorado poucos dias antes das eleições.

A invasão de um país que, antigamente era feito com exércitos e tanques de guerra, hoje se faz com acordos internacionais entregando o comando da nação a terceiros sem que a população perceba.

Liberdade de imprensa!

“A liberdade da imprensa não faz sentir o seu poder apenas sobre as opiniões políticas, mas também sobre todas as opiniões dos homens. Não modifica somente as leis, mas os costumes (…) Amo-a pela consideração dos males que impede, mais ainda do que pelos bens que produz.”
Charles Tocqueville

Os políticos e a verdade!

“Todos os políticos são limitados e nenhum se baseia de fato na realidade.”
Leo Strauss

Jogo dos sete erros!

Descubra sete erros dos brasileiros analisando as imagens abaixo:

Pobres

comunistas2

50

Resposta:

1. Acreditar que Lula, Dilma e Marina são diferentes;
2. Não saber que todos apoiam o MST e outros grupos terroristas;
3. Não perceber que estão no poder a 12 anos e não querem largar o osso;
4. Negar que estiveram unidos durante o mensalão e outras roubalheiras;
5. Não acreditar que o decreto 8243 é um golpe na democracia;
6. Não notar que estão mais unidos do que nunca para não perder o poder;
7. Continuar votando neste tipo de gente.

Fora PT!
Fora Dilma!
Fora Marina!

NÃO DEIXE QUE UM PROFESSOR COMUNISTA ADOTE SEU FILHO

......Never argue with stupid people, they will drag you down to their level and then beat you with experience ................ HOME PAGE - PÁGINA INICIAL - BRAZIL - BRÉSIL - PÁGINA INICIAL - HOME PAGE

Angelinoneto's Blog

Liberdade de expressão e repensar a vida!

Implicante DEV

Política & Implicância