Interessantes!

Lauro Jardim

O vice

Faltam cinco dias para o PSDB anunciar o nome do vice de Aécio Neves. Hoje, a parada está praticamente definida. Pela ordem, os candidatos a candidato são Aloysio Nunes e Ellen Gracie. Entre os dois, 90% de possibilidade de ser Aloysio. Os tucanos só não o anunciam antes por causa das convenções partidárias que ainda restam. Numa palavra, é prudência tucana.

O ônus da tacada

Eduardo Campos vendeu aos correligionários a ideia de que a dobradinha Romário e Lindbergh Farias no Rio de Janeiro havia sido uma tacada eleitoral de mestre. A repercussão nas redes sociais, onde muita gente desceu a borduna no fato de Romário ter se vinculado a um candidato do PT, deixou boa parte da Executiva Nacional do PSB para lá de receosa. Admiradores de Romário agora se perguntam como um deputado altamente crítico à organização da Copa do Mundo pode subir num palanque petista – mesmo que Dilma Rousseff esteja virando as costas para Lindbergh. Ainda assim, ninguém acredita que Eduardo Campos nem Romário pensem em voltar atrás.

E o Meirelles?

Gilberto Kassab aproveitou a presença de alguns representantes da bancada do PSD na Convenção do partido para ouvi-los, assim como já havia feito no mês passado (Leia mais aqui).

Aos deputados com quem conseguiu conversar, Kassab perguntou o que achavam da ideia de lançar Henrique Meirelles na cabeça de chapa ao governo de São Paulo (Leia mais aqui).

Grande parte deles apoia o plano. Os mais entusiastas disseram a Kassab apostar que Meirelles seria o candidato com menor índice de rejeição entre os concorrentes ao posto.

No vácuo de Sarney

Randolfe Rodrigues, depois de desistir da candidatura à Presidência da República, mira o vácuo deixado por José Sarney.
Amanhã, Randolfe se reunirá com Ricardo Berzoini e pedirá o apoio do PT, até então fechado com Sarney, para construir sua chapa ao governo do Amapá. Se sair do Palácio do Planalto com as mãos vazias, não concorrerá a nada, já que tem mais quatro anos de mandato no Senado.

Na gaveta

Eduardo Saboia continua à espera da batida de martelo sobre seu futuro, que virá do Ministério das Relações Exteriores, ou melhor, do gabinete do ministro Luiz Alberto Figueiredo. A comissão do Itamaraty formada para analisar o processo administrativo disciplinar já deu seu parecer, sugerindo punição ou absolvição de Saboia – por capitanear o resgate do senador boliviano Roger Molina para o Brasil. A decisão, mantida em sigilo, só terá valor após a assinatura de Figueiredo. A conclusão do colegiado chegou ao gabinete do ministro por volta do dia 20 de maio, dois meses atrás. E até agora, nada. Quem convive com Saboia aposta a conta bancária que Figueiredo não se mexerá a respeito do caso antes das eleições.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

NÃO DEIXE QUE UM PROFESSOR COMUNISTA ADOTE SEU FILHO

......Never argue with stupid people, they will drag you down to their level and then beat you with experience ................ HOME PAGE - PÁGINA INICIAL - BRAZIL - BRÉSIL - PÁGINA INICIAL - HOME PAGE

Angelinoneto's Blog

Liberdade de expressão e repensar a vida!

Implicante DEV

Política & Implicância

%d blogueiros gostam disto: